Me conte sua história: Meu pai enganou a vida toda a minha mãe, mas o problema é que eu não sei o que é melhor nesse momento, esconder ou falar a verdade…

8 de novembro de 2013 | 11:12

O relato de hoje no “Me conte sua história” é de Dani, que descobriu que o pai tem outra família e engana ela e sua mãe há 20 anos. Agora que a mãe está doente a menina não sabe se deve contar tudo e destruir de vez a família ou se guarda esse segredo…

“Carolina escuto o seu programa todos os dias, mas nunca tive coragem de entrar em contato com vocês. Já participei várias vezes do seu programa, dando a minha opinião sobre os problemas dos seus ouvintes, mas hoje eu que me vejo sem resposta para o meu problema.

Já estou vivendo nessa agonia a cerca de 1 ano e meio. Minha vida hoje se resume a esse grande segredo familiar. Eu não estou agüentando mais guardar tudo isso só para mim. O pior de tudo é ter que mentir para uma das pessoas que mais amo nessa vida.

Me chamo Eduarda, sou casada e tenho uma filha de 10 anos que é o xodó da família.

Sempre pensei que a minha família fosse a mais correta desse mundo. Eu e meus pais sempre nos demos muito bem. Eu sempre fui muito mimada por eles até porque sou filha única.

Meus pais sempre pareceram os mais românticos e apaixonados. Posso contar nos dedos as vezes que eu vi eles brigando. Sempre admirei a relação dos dois. Até o dia que descobri algo que me fez perder a cabeça.

Eu sempre tive o meu pai como um herói, o melhor homem do mundo, sempre quis seguir os passos dele, um exemplo de pai e marido. Mas depois que descobri tudo, esse meu sentimento mudou completamente.

Se eu pudesse eu queria apagar tudo o que eu descobri, esquecer de tudo. Mas não dá a verdade não sai mais da minha cabeça. Não consigo mais viver direito desde que descobri uma vida completamente diferente do que eu imaginava que era.

Meu pai trabalha como caminhoneiro a vida toda, sempre esta pelas estradas do Brasil. Mas mesmo assim eu e minha mãe nunca desconfiamos dele. Ele sempre foi um homem tão responsável ninguém nunca imaginaria que ele poderia fazer o que fez, e o que faz até hoje.

Descobri toda essa safadeza do meu pai de uma forma muito estranha, só pode ser coisa de Deus. A mentira sempre vem à tona.

Eu estava em um dia de sábado na minha casa, até quando o telefone tocou, e me disseram que o meu pai havia sofrido um acidente em Santa Catarina. Na hora não sabia o que fazer, disse somente que estava indo para lá, mas o que achei estranho é que o moço disse que eu não precisava ficar tão nervosa, porque a esposa dele já estava lá. Na hora eu pensei, como assim, minha mãe seria a primeira pessoa que teria me ligado se algo tivesse acontecido. Então liguei para a minha mãe, vi que ela estava em casa e não sabia de nada e fui com meu marido atrás de meu pai, sem contar para a minha mãe.

E foi no meio de preocupação e raiva que descobri que meu pai tinha outra família. Uma mulher e outros dois filhos, que seriam no caso os meus irmãos. Nesse dia não sabia se rezava pelo meu pai, se chorava por saber que ele estava enganando a todos nós a vida toda.

Eu não sabia o que fazer.

Graças a Deus meu pai se recuperou e no caminho de casa ele contou a verdade. Ele vivia com essa outra mulher a mais de 20 anos. Ela e os outros dois filhos moravam em Santa Catarina. Ai então eu comecei a colocar os pingos nos “Is”, por isso que ele ficava às vezes tanto tempo longe de casa. Ele ficava um pouco com cada família.

Depois de saber de toda a verdade eu cai nas lágrimas, não conseguia acreditar que o meu pai, que era o meu exemplo, o meu herói podia estar enganando a minha mãe a vida toda. Ela não merecia isso, ela sempre foi uma mulher maravilhosa.

Mas o meu pai me implorou para que eu não contasse nada para a minha mãe. Ele me disse que amava a minha mãe, mas do que tudo. Disse ainda que só mantinha a outra relação até hoje, porque ele tinha medo que a outra mulher contasse tudo para a minha mãe. Ele disse que sabe que ela nunca mais vai perdoar ele.

Eu realmente voltei de Santa Catarina certa que iria contar toda a verdade para a minha mãe. Só que depois que voltamos de lá às coisas começaram a piorar em casa.

 A minha mãe começou a ter vários desmaios e ficamos todos muito preocupados. Até que depois de vários exames, descobrimos que ela estava com aquela doença maldita, o câncer. E em um lugar muito complicado, na  cabeça.

Minha mãe desde que soube do diagnóstico, não quer fazer tratamento nenhum. Ela disse que sabe que mexer com a cabeça é complicado. Então ela disse que vai tomar apenas medicamentos para os desmaios e nada mais.

Desde que o médico deu o diagnóstico para a minha mãe, ela parece que é outra mulher. Ela quer viver a cada momento da vida dela. Sempre esta sorridente, quer brincar com a minha filha o todo o tempo. Ela voltou a ser uma menina.

Ela me disse que sente que não vai ter muito mais tempo do nosso lado e por isso quer aproveitar a cada momento que pode junto com a família.

E foi por isso que eu acabei deixando o tempo passar, mas só que agora eu estou me sentindo muito mal como filha. Estou com medo que aconteça algo com a minha mãe e eu fique com esse remorso por não ter falado a verdade.

Só que eu não consegui contar até agora a verdade, porque eu vejo ela tão bem e sei que uma bomba como estas, falar que meu pai tem uma segunda família, iria deixar ela no fundo do poço. E eu não quero nem imaginar isso.

Eu fico numa sinuca de bico, não sei o que é o pior, esconder a verdade ou falar a verdade nesse momento.

Meu marido já me disse para eu não contar, não estragar a felicidade da minha mãe. Mas não sei se isso é certo. Por isso que eu estou aqui pedindo ajuda, eu preciso encontrar o melhor caminho para esta situação tão complicada na minha vida.”

briga-familia-estresse-crianca

Foto: Divukgação